Salmo 48B
Melodia: Lauda Anima
Métrica: 9 8. 9 8. 15 9
Compositor: Mark Andrews, 1930
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia, 2021
1 Grande ͜ é ͜ o Senhor e muito digno
De ser louva-ado em Sião,
Do nosso Deus sua cidade
2 Seu santo mo-onte belo é
Sobranceiro, da terra pra ͜ o Norte é sua alegria
Sião, cidade do grande Rei

3 Nos seus palácios conhecido
Como ͜ um refú-úgio alto ͜ é Deus
4 Por isso, eis que ͜ os reis se ͜ uniram,
Juntos sumi-iram todos, sim
5 E bastou que o vissem e todos se espantaram,
De ͜ assombro, fugiram bem veloz

6 Pelo terror ali vencidos
Como ͜ a partu-uriente ͜ em dor
7 As naus de Társis destruíste
Com forte ve-ento oriental
8 Como temos ouvido dizer, assim, na cidade
De Deus, nós temos visto também

Deus, o Senhor das suas hostes,
Sua cida-ade bem firmou
E para sempre confirmada,
Bem estabe-elecida ͜ está
9 E no meio do templo teu, nós pensamos em tua
Misericórdia, ó nosso Deus

10 Tal qual teu nome, assim se ͜ estende
Por toda ͜ a te-erra ͜ o teu louvor
E de justiça ͜ a tua destra
Está repleta, ó Senhor
11 E se alegre o monte Sião, e ͜ exultem as filhas
De Judá pelos juízos teus

12 Quanto a Sião, sim, rodeai-a
Contai-lhe as torres, sim, contai
13 Notai-lhe bem seus baluartes
E seus palácios observai
Pra contardes às gerações 14 que ͜ este Deus para sempre
É ͜ o nosso guia até morrer