Salmo 13 (Genebra)
Melodia: Saltério de Genebra
Métrica: 8 8. 9 9 8
Compositor: Louis Bourgeois, 1542
Harmonização: Claude Goudimel, 1564
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia, 2010
Té quando me esquecerás?
Será pra sempre, ó Senhor?
Té quando ocultarás teu rosto
Té quando n'alma eu vou teimar
No coração, sempre triste

Té quando o inimigo vai
Erguer-se, Senhor, contra mim?
Atenta para mim, responde
Ó Deus, meus olhos ilumina:
Da morte o sono eu não durma

Não diga o inimigo assim:
“Eu contra o tal prevaleci!”
E os que são meus adversários
Não se alegrem, nem exultem
Quando eu estou vacilando

Mas, no tocante a mim eu vou
Na Tua graça confiar
Meu coração se regozije
Na salvação, e cantarei, pois
Deus muito bem me tem feito