Salmo 81 (Genebra)
Melodia: Saltério de Genebra
Métrica: 5 6. 5 5. 5 6
Compositor: Louis Bourgeois, 1562
Harmonização: Claude Goudimel, 1564
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia, 2010
Cantai, jubilai
A Deus, nossa força
O Deus de Jacó
Celebrai-o assim
Oh! Salmodiai
Entoai louvores

Tocai tamboril,
Saltério e harpa
Trombetas tocai
Quando a lua está
Cheia ou nova for,
Pois é nossa festa

Preceito a Israel,
Prescrito ao povo
Do Deus de Jacó
Ordenou Javé,
E a José mandou,
Ao sair do Egito

Ouvi um falar
Que não conhecia:
“Do peso livrei,
Os seus ombros, sim,
Suas mãos também
De pesados cestos”

“Clamaste na dor
Provi livramento
No oculto trovão,
Eu te respondi
Quando, em Meribá,
Foste tu provado”

“Ouve, ó Israel,
Quero exortar-te:
Se ouvisses a mim!
Não exista em ti
Deus além de mim
Nem a ele adores”

“Eu sou o Senhor
Teu Deus, que te livrou
Do Egito tirei,
Eu te libertei
Abre a boca bem:
Eis que será cheia!”

“Mas o povo meu
Não me deu ouvidos
Não me atendeu!
Eu o deixei andar
No seu mui teimar:
Siga os seus conselhos!”

“Ah! Se o povo meu
A mim escutasse!
Se andasse Israel
Nos caminhos meus,
O inimigo seu
Eu abateria”

“Deitaria mão
Contra os adversários
Quem aborrecer,
Rejeitar Javé,
Sujeitar-lhe-ei
Isto, para sempre”

“Sustento a Israel
Assim eu daria:
Com trigo mui bom!
Fartaria, sim,
Dar-lhe-ia mel
Que da rocha escorre”