Salmo 19B (harmônico)
Melodia: Columbia
Métrica: 6 6. 6 6. 10 8
Compositor: Leonard Cooper Blanton, 1951
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia, 2018
Os céus proclamam, sim, a glória do Senhor,
E_o firmamento_expõe as obras das suas mãos,
E discursa_o dia_ao que vem depois,
E_a noite_à outra faz saber.

Linguagem nem palavra_ou som se ouve_algum,
Porém se faz ouvir na terra_a sua voz,
E_as palavras soam até_os confins.
Aí, pôs uma tenda_ao sol,

Que,_assim como herói, os céus a percorrer,
Dos aposentos sai qual noivo_a se_alegrar
E de um extremo ao outro vai
E nada_escapa_ao seu calor.

Perfeita_é_a lei de Deus, restaura_o coração.
Seu testemunho fiel ao simples dá o saber.
Do Senhor mui reto_os preceitos são
E_alegram bem o coração.

O mandamento seu é puro_e dá visão,
É claro o seu temor, pra sempre durará.
Verdadeiros são os juízos seus
E justos todos por igual.

Mais desejáveis são que_o_ouro puro_e bom,
Mais doces do que_o mel que_o favo destilou
E_ao teu servo trazem exortação.
Há grande prêmio_em os guardar.

Quem pode discernir as próprias transgressões?
Das que_eu não posso ver perdoa-me, Senhor.
Da soberba guarda teu servo,_ó Deus.
Jamais me venha dominar.

E justo, pois, serei, de grande transgressão.
Aquilo que_eu falar e_o coração meditar
Agradáveis sejam a ti, Senhor,
Rochedo meu e Redentor.