Salmo 21B (harmônico)
Melodia: Finlandia
Métrica: 11. 10. 11. 10. 10. 10
Compositor: Jean Sibelius, 1899
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia, 2017
Na tua força, ó Deus, o rei se alegra
E como exulta com tua salvação
Satisfizeste-lhe o desejo da alma,
Não lhe negaste as orações que fez
Das bênçãos de bondade tu o supres
Coroa de ouro puro lhe darás

A vida a ti ele pediu e deste
Longevidade para sempre, sim
De majestade e esplendor vestiu-lhe
Grande é a glória da tua salvação
Por bênção para sempre o colocaste
Com tua presença o encheste de prazer

Do Deus altíssimo, por sua graça
O rei, então, jamais vacilará
Pois ele no Senhor tem confiança
A tua mão, então, alcançará
Teus inimigos, todos que te odeiam
A tua destra os apanhará

Os tornarás como em fornalha ardente
Ao te manifestares, ó Senhor
Na sua indignação, a todos eles
Consumirá e o fogo os tragará
Destruirás da terra a sua prole
E os filhos deles que entre os homens há

Se intentarem contra ti maldade,
Tramando intrigas, não consumarão
Porquanto lhes farás voltar as costas
Teu arco o rosto deles mirarás
Senhor, te exalta, pois na tua força
E ao teu poder cantaremos louvor