Salmo 90B (harmônico)
Melodia: St. Catherine
Métrica: 8 8. 8 8. 8 8
Compositor: Henri Frederick Hemy, 1864
Letra: Comissão Brasileira de Salmodia
Senhor, tens sido refúgio pra nós
De geração em geração.
Antes que os montes viessem a ser,
Antes de qualquer coisa existir,
Deus eternal, tu és Senhor.
Sempre e sempre, tu és Deus.

Fazes o homem voltar a ser pó
E depois dizes “Volvei daí”.
Como um dia, mil anos se vão
E como ontem eles serão,
Pois aos teus olhos são assim
Como a vigília que se foi.

Todo esse tempo qual torrentes são.
Tu as arrastas como o dormir.
São como a relva que cedo abre a flor
E enche a manhã de enfeite e verdor,
Mas, quando a tarde chega ao fim,
Murcha e seca se tornou.

Em tua ira a nos consumir
E teu furor a nos conturbar,
Perante ti posto está nosso mal.
Na tua face, o oculto agir.
Perante a tua ira, vão
Os nossos dias qual pensar

Setenta anos nossos dias são.
Se há vigor, oitenta serão.
Porém, não passam de canseira e dor.
Depressa vão, e nós também.
Quem é capaz de conhecer
A tua ira, o teu furor?

Ensina-nos nossos dias contar
Para que sábio seja o viver.
Volta e tenha de nós compaixão,
Dá-nos tua graça pela manhã.
E, sempre alegres, teu louvor
Entoaremos com fervor

Por muitos dias, alegra-nos, pois
Tua aflição nos veio atingir.
Por muitos anos, concede o favor,
Pois suportamos o teu furor.
Que nós vejamos teu agir,
E os nossos filhos, teu fulgor.
Seja tua graça sobre nós.
Confirma, pois, nosso labor.